Quinta-feira, 09 de abril de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Governo libera obras de infraestrutura do poder público em novo decreto

Postado em: 26-03-2020 às 19h30
Até ontem, só eram permitidas obras relacionadas a energia elétrica, saneamento básico, obras hospitalares e de penitenciárias, e de estabelecimentos comerciais (Foto: Wesley Costa / O Hoje)

Lucas de Godoi

O Governo de Goiás atualizou nesta quinta-feira (26) o decreto de quarentena para permitir a realização de obras de infraestrutura do poder público. O decreto nº 9.638, de 20 de março de 2020, não tinha essa previsão. Ainda assim, como mostrado por O Hoje nesta quinta-feira, a prefeitura de Goiânia descumpriu o ato do Executivo e manteve operários nas obras pela cidade. A reportagem flagrou equipes trabalhando nas obras do BRT na Avenida Goiás, no centro de Goiânia, e também na Praça do Cruzeiro, no Setor Sul.

Questionada, a prefeitura informou que as obras seguiriam. “A Seinfra afirma que as obras executadas em Goiânia continuam normalmente, esclarecendo que, para a realização dos serviços, em praticamente todos os canteiros são utilizadas máquinas e equipamentos. A mão de obra de operários e/ou gestores é pouco representativa, são em ambiente externo, sem agrupamento de pessoas”, defende a pasta.

Os operários não puderam entrar de quarentena, mas outros servidores municipais estão trabalhando dentro de casa. Na última terça-feira (24), o prefeito Iris Rezende definiu a adoção home office de trabalho. Segundo a Secretaria de Comunicação (Secom) da prefeitura, as atividades são realizadas de forma remota, mantendo-se presencialmente o quantitativo mínimo suficiente de servidores para que não prejudique os usuários dos serviços públicos.

O isolamento social é uma das medidas adotadas pelo Estado para conter a disseminação do novo Coronavírus em Goiás. Hoje, o governador Ronaldo Caiado descartou flexibilizar a quarentena marcada para até o dia 4 de abril. “E a melhor estratégia para salvarmos vidas neste momento é a quarentena. Em Goiás, até o dia 4 de abril. Depois, repito, vamos avaliar caso a caso, de forma científica e técnica, e liberando da quarentena (ou não), aos poucos, de acordo com essas avaliações da área de saúde”, escreveu Caiado no Twitter.

Atualização

O novo decreto também autoriza o funcionamento de borracharias, oficinas, restaurantes e lanchonetes em rodovias. As oficinas mecânicas e borracharias instaladas nos municípios também ficam autorizadas a funcionar, em regime de revezamento.

O documento também libera a hospedagem de todos aqueles que atuem na prestação de serviços públicos ou atividades privadas consideradas essenciais.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar