20 de setembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Romênia
09/03/2018 | 15h36
Líder da esquerda nega acusações de lavagem de dinheiro no Brasil
Parlamentar negou acusações e disse não possuir imóveis no Brasil, onde admitiu passar férias com frequência

Em entrevista nesta sexta-feira (9), o chefe do Partido Social Democrata da Romênia (PSD), Liviu Dragnea, afirmou que as informações veiculadas sobre investigações em seu nome frente à suspeita de crime de lavagem de dinheiro são falsas.

"É um assunto requentado", disse Dragnea. O jornal Folha de São Paulo publicou nesta sexta-feira declarações em que o procurador federal brasileiro, Carlos Wagner Barbosa Guimarães, afirma que Dragnea e uma pessoa próxima a ele, Mugurel Gheorghias, seriam participantes de um esquema de lavagem  de dinheiro.

Segundo o site romeno Rise Project, o Ministério Público brasileiro buscaria comprovar se os dois homens adquiriram imóveis no Brasil através de intermediários.

Questionado pelos jornalistas, o chefe do PSD assegurou que ele não possuía nenhum imóvel "diferente dos declarados em (sua) declaração de patrimônio".

Atualmente julgado por um caso de empregos fictícios e alvo de uma investigação por desvio de fundos europeus, Dragnea foi condenado anteriormente e impedido de concorrer ao cargo de primeiro-ministro no país, mesmo liderando as pesquisas.

 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)