Quinta-feira, 02 de julho de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Atlético Goianiense pode treinar em Aparecida após decreto de Ronaldo Caiado

Postado em: 29-06-2020 às 19h45
Atlético voltou aos treinamentos no CT no dia 1º de junho e pode recorrer a Aparecida de Goiânia - Foto: Paulo Marcos/ACG.

Felipe André

O governador Ronaldo Caiado (DEM) pediu na manhã de ontem a ajuda dos prefeitos do estado para fechar o comércio por meio de um escalonamento de 14 por 14, ou seja, 14 dias abertos e 14 fechados. O prefeito Iris Rezende (MDB) se mostrou favorável a decisão e não vai ser opor. Esse movimento influencia diretamente o esporte em Goiás, que teve os treinos autorizados, pelo prefeito, no dia 1º, e conta com Atlético, Goiás e Vila Nova realizando as atividades diariamente.

O Atlético Goianiense, que fez forte campanha para voltar as atividades, cogita até mesmo sair de Goiânia para continuar os treinos. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) indicou o início do Campeonato Brasileiro Série A para o dia nove de agosto, o que da pouco mais de um mês para as equipes se prepararem para a principal competição do futebol nacional.

O presidente Adson Batista confirmou em rápido contato que está “buscando alternativas” e uma solução quase que “caseira” seria Aparecida de Goiânia. Apesar de não ter iniciado as conversas, Adson admitiu que “não pode parar, porque tem campeonato dia nove” e que está trabalhando com “várias frentes”, o que indica mais de uma cidade na mira do presidente atleticano.

Durante a reunião realizada entre os representantes das 20 equipes da primeira divisão, foi acordado que caso um clube não possa treinar na própria cidade, por conta da pandemia, deverá procurar outra cidade ou até mesmo estado. Em Aparecida de Goiânia, o estádio Annibal Batista de Toledo está em fase final de reforma.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar