Segunda-feira, 24 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Goiás vence a Chapecoense no Serra Dourada

Postado em: 10-06-2019 as 22h00
Após duas semanas de descanso, Verdão vence equipe catarinense e espera pelo Furacão

Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC 

Felipe André

Após ter a partida contra o Corinthians adiada, o Goiás enfrentou e venceu a Chapecoense por 3 a 1 no Estádio Serra Dourada. O lateral-esquerdo Jefferson marcou, enquanto o atacante Kayke balançou a rede em duas cobranças de pênalti, Rafael Pereira descontou para a equipe visitante. Agora o Verdão recebe o Athletico Paranaense, na próxima quinta-feira, no último jogo antes da parada para a Copa América.

Logo no início da partida, aos três minutos de jogo o zagueiro David Duarte colocou a bola para fora e precisou ser substituído por Rafael Vaz. A Chapecoense em um esquema diferente das últimas rodadas apostou em um esquema com quatro meio-campistas, com isso o time comandado por Ney Franco conseguia chegar com mais eficiência e trocando mais passes, mas pecava na finalização. Já o Verdão da capital goiana ao recuperar a bola apostava na criação de Léo Sena e em jogadas com os pontas.

O Goiás então começou a aumentar sua posse de bola e melhorar no ataque. Após uma jogada individual de Léo Sena, o camisa 20 foi derrubado na área, o árbitro Igor Benevenuto consultou o VAR e marcou a penalidade para o Verdão, Kayke pegou a bola e converteu a cobrança.

No lance seguinte outra notícia ruim para Claudinei Oliveira, após David Duarte, Léo Sena caiu no gramado e precisou ser substituído por Yago Felipe. O capitão esmeraldino havia se recuperado de uma lesão na coxa direita após ter sido desfalque na partida contra o CSA.

Não demorou e antes do término da primeira etapa a Chapecoense buscou o empate. Após o cruzamento de Camilo na segunda trave, o zagueiro Rafael Pereira apareceu sozinho e cabeceou cruzado, sem chances para Tadeu.

A segunda etapa começou morna, mas aos 15 minutos os donos da casa tiveram a chance de desempatar o placar. O atacante Michael “ativou o modo turbo” e fez grande jogada individual no meio-campo, o jogador tocou para Kayke que serviu Jefferson, o lateral-esquerdo driblou o goleiro Tiepo e na hora de estufar a rede, chutou em cima do zagueiro Gum, a bola ainda sobrou para Geovane que chutou forte, mas Tiepo fez a defesa.

O jogo começou a esquentar e aos 19 minutos o lateral da Chapecoense, Bruno Pacheco acabou sendo expulso após cometer falta dura em Michael.

O lateral Jefferson se redimiu do gol perdido. Aos 35 minutos o jogador recebeu um passe de Giovanni Augusto, ajeitou o corpo e de perna canhota mandou no canto de Tiepo, indefensável. Nos minutos finais o árbitro Igor Benevenuto marcou outra penalidade para o Verdão, Kayke bateu novamente e se tornou o artilheiro do clube esmeraldino na Série A.

Na próxima rodada e última antes da parada para a Copa América, o Goiás enfrenta o Athletico Paranaense novamente no Serra Dourada, na próxima quinta-feira (13), às 20h. Já a Chapecoense recebe o Fluminense no mesmo dia e horário, na Arena Condá, em Chapecó-SC.

Homenagem

O atacante Michael chegou à marca de 100 jogos com a camisa do Goiás, o atacante recebeu uma placa antes do início da partida contra a Chapecoense. O jogador chegou ao clube esmeraldino em 2017 após se destacar no Campeonato Goiano com a camisa do Goianésia, desde então se tornou um dos principais nomes do Verdão e foi fundamental no acesso para a primeira divisão, chegando a despertar interesse de grandes clubes como Cruzeiro, Santos e Corinthians.

O jogador, entretanto, conversou com a diretoria e renovou seu contrato, aumentando também sua multa rescisória, chegou a receber vaias após a partida contra o São Paulo, na segunda rodada, mas foi mantido na equipe e voltou a se destacar. 

FICHA TÉCNICA
Goiás 3x1 Chapecoense

Data: 10 de junho, 2019
Horário: 20h (horário de Brasília)
Local: Estádio Serra Dourada, Goiânia

Árbitro: Igor Benevenuto (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Cartão vermelho: Bruno Pacheco 19’2T (Chapecoense)

Público pagante: 6.446
Público total: 7.756
Renda: R$ 121.680,00

Gol: Kayke 37’ 1T e 45’2T, Jefferson 32’2T (Goiás); 44’1t (Chapecoense)

Goiás: Tadeu; Daniel Guedes, Yago, David Duarte (Rafael Vaz) e Jefferson; Geovane, Léo Sena (Yago Felipe) e Giovanni Augusto (Marlone); Michael, Barcia e Kayke. Técnico: Claudinei Oliveira

Chapecoense: Tiepo; Bryan (Diego Torres), Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Marcio Araujo, Campanharo (Renato Kayser), Elicarlos e Camilo (Ernandes); Everaldo e Arthur Gomes. Técnico: Ney Franco

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar