Domingo, 22 de setembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Barrichello elogia Autódromo de Goiânia e carinho do público após vitória

Postado em: 19-05-2019 às 16h20
Rubinho venceu a quarta corrida na capital goiana desde que iniciou na Stock Car

Foto: Duda Bairros / Stock Car 

Felipe André

Rubens Barrichello venceu sua quarta corrida em Goiânia desde que iniciou na Stock Car, a última delas aconteceu neste domingo (19), no Autódromo Internacional de Goiânia. O piloto da Full Time Sports não escondeu o carinho pelo traçado e a torcida da capital goiana, onde na última temporada ele venceu a Corrida do Milhão.

"O Autódromo de Goiânia merece que a gente corra aqui para sempre, o fator climático pode ajudar alguns ou piorar para outros, mas é sempre a mesma situação. O que me faz ir para frente é a energia de Goiânia que me dá a chance de estar lutando por coisa tão boa. Hoje o carro tava resfriando bem, na última corrida eu me debilitei bastante, mas treinei bem em Goiânia e eu to feliz", destacou Rubinho.

O piloto que faz aniversário em breve, se mostrou agradecido com o carro competitivo da Full Time Sports que o permite brigar pela liderança do campeonato com o atual bicampeão Daniel Serra.

"É uma história de amor [com Goiânia], eu brinco sempre que sou sertanejo e gosto tanto, estar em Goiânia e poder retribuir o carinho com uma vitória, pulando no meio do público, chegando na semana que vem com 47 anos se Deus quiser e tão feliz de poder usufruir dessa velocidade no gosto que tenho por guiar o carro e conseguir ser competitivo com essa idade, isso não tem preço", ressaltou o experiente piloto.

Com a vitória na segunda corrida e o sétimo lugar na primeira, o piloto somou 39 pontos e viu Daniel Serra, que mesmo sem vencer, somar 41 e deixar a briga pelo primeiro lugar empatada, ambos agora possuem 102 pontos. Apesar das contas, esse fator não é determinante ainda na visão de Rubinho.

"Pontuação de campeonato vou começar a perguntar perto da fase final, hoje ser líder, co-líder ou atrás por um ponto não seria determinante. Parabéns para o Daniel [Serra] que subiu no pódio nas duas corridas e nós somamos os pontos nas situações que aconteceram. Ontem passei muito na risca nas classificações. Minha vida tem sido um renascer todo dia, vale a experiência, o agradecimento, todas as dificuldades e eu só posso agradecer aos céus por chegar nessa idade e estar competitivo e principalmente o carinho, se eu sair e pular no meio público eu acho que eles não abrem não, é muito gratificante", finalizou Barrichello.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar