Domingo, 15 de dezembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Raphael Teixeira lamenta toque na primeira volta e pede evolução do carro

Postado em: 19-05-2019 às 12h00
Piloto goiano largou na segunda posição, mas sofreu um toque e acabou apenas na 11ª posição

Foto: Vanderley Soares 

Felipe André

Após somar seus primeiros pontos na primeira etapa da Stock Light em Goiânia, o piloto goiano Raphael Teixeira terminou a segunda etapa na 11ª colocação, somando assim mais 10 pontos para sua classificação. Apesar de terminar a primeira etapa em 10º, o piloto Pedro Calando sofreu uma punição e com isso Raphael pulou para o nono lugar, com a inversão do grid que acontece entre os 10 primeiros colocados, o goiano largou na segunda posição neste domingo (19), no Autódromo de Goiânia.

Na primeira volta Raphael Teixeira sofreu um toque e acabou rodando na pista, caindo para o fim do grid. O goiano que estava pensando em vitória acabou fazendo uma corrida de recuperação.

"Uma corrida de recuperação, mas com um pelotão como esse é complicado, cheguei a estar no fim do grid, mas cheguei em 11º. Saio com mais aprendizado, mais maduro e com dados para analisar, temos muito para evoluir assim como o carro pode ser melhor para que na próxima etapa de Goiânia eu possa brigar pela vitória", ressaltou Raphael Teixeira. 

Raphael Teixeira acabou rodando na primeira volta após toque de Lukas Moraes que foi penalizado, entretanto de acordo com o piloto o toque veio de Guilherme Salas, o vencedor da prova.

"Na realidade eu não entendi a advertência, pois quem tocou no meu carro foi o Salas que acabou vencendo, lamento uma atitude dessa não é assim que resolve a primeira volta, ele colocou para bater mesmo, uma pena pois ele é muito rápido, muito bom, mas eu não entendi essa atitude", finalizou o piloto goiano da SG Racing.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar