19 de março de 2019 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Reforço
11-01-2019 | 06h00
Flamengo quer contratar o lateral Rafinha da seleção brasileira
Interesse, porém, não foi a única novidade do dia; entre os clubes da Série A, Palmeiras, Inter, Galo e Botafogo se movimentaram

Luiz Felipe Mendes*

Todos os clubes nacionais estão em pleno vapor na montagem de seus elencos. Alguns contrataram menos, outros apostaram mais, mas ninguém foi tão longe quanto o Flamengo até agora. Com contratações confirmadas como as de Arrascaeta e Gabigol, o rubro-negro agora quer contar com o lateral-direito Rafinha, do Bayern de Munique, a partir de maio. Além disso, outros clubes da elite do futebol brasileiro também se mexeram nos bastidores.

Rodrigo Caio, Arrascaeta e Gabriel foram trazidos, e o Flamengo ainda mira nomes como os de Léo Pereira, do Athletico Paranaense, Bruno Henrique, do Santos, e agora mais recentemente o de Rafinha, com passagens pela seleção brasileira. O interesse despontou de vez na quarta-feira e o próprio jogador afirmou que o rubro-negro seria sua primeira opção, sendo que está com vontade de deixar o Bayern de Munique após um longo período no futebol alemão. De acordo com o repórter André Hernan, do SporTV, o atleta já está fechado com o Fla em contrato por duas temporadas, válido a partir de maio, quando os campeonatos europeus se encerram. Agora, resta esperar para saber se a informação vai realmente se concretizar.

A investida flamenguista, no entanto, não foi o único destaque da quinta-feira. O Palmeiras enfim contratou de fato o lateral-direito Marcos Rocha por quatro anos. O jogador já havia vestido a camisa palestrina no título brasileiro do ano passado, mas estava emprestado pelo Atlético Mineiro. Os paulistas negociaram com o Galo e acabaram adquirindo os direitos de Rocha por um valor de R$ 8 milhões mais o empréstimo do jovem talento Papagaio, cria das categorias de base do Verdão. Além disso, de acordo com o repórter Rodrigo Bueno, do Fox Sports, o Palmeiras quer repatriar o zagueiro/volante David Luiz, mas até agora foi feita somente uma consulta. Para completar, o técnico Luiz Felipe Scolari vai realmente ficar em São Paulo, principalmente porque a seleção da Colômbia, que desejava Felipão, acabou fechando com Carlos Queiroz, ex-Irã.

No Atlético Mineiro, além dos trâmites envolvendo Marcos Rocha e Papagaio, a diretoria acertou com mais um atleta para 2019 – trata-se do meia Vinícius, o qual estava no Bahia. O vínculo vai até 2020. O jogador já havia se despedido de seu clube, mas ainda estava com futuro indefinido. Outro alvo também está na mira do Galo: o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, do Ceará, e a negociação está em curso. Viajando para o Rio Grande do Sul agora, o Internacional está perto de fechar com o lateral-direito Bruno, que despontou no Fluminense e no São Paulo e que estava vestindo a camisa do Bahia na última temporada. A intenção era renovar o empréstimo de Fabiano com o Palmeiras, mas os paulistas não aprovaram. No Rio de Janeiro, o Botafogo está conversando com o lateral-esquerdo Fausto Grillo para trazê-lo por empréstimo. Já o Vasco recuou um pouco no assunto Rossi, mas ainda quer tirá-lo do Shenzhen, da China.

(62) 3095-8700