Quinta-feira, 18 de julho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cultura

Filmes nacionais são destaque no Cine Cultura

Postado em: 11-07-2019 as 10h20
Mais dois filmes estreiam hoje no Cine Cultura. Filme Divino Amor continua em cartaz.

Aline Bouhid

Estreiam hoje (11) no Cine Cultura os longas-metragens “O Olho e a Faca”, do diretor Paulo Sacramento, estrelado por Rodrigo Lombardi e Maria Luísa Mendonça, e “Estou me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar”, de Marcelo Gomes. Todos os dias, até 17 de julho, o primeiro filme será exibido às 16h50, e o segundo, às 20h30.

O filme Divino Amor, do cineasta Gabriel Mascaro, segue em sua terceira semana em cartaz, agora com duas sessões diárias: às 15h e às 18h40. E, no sábado, dia 13, o cinema exibe mais uma sessão da Mostra Permanente de Curtas, com entrada gratuita.

O Cine Cultura funciona no prédio do Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, com sessões de segunda a domingo, inclusive aos feriados. Para as sessões comerciais, o ingresso da sala custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia), apenas em dinheiro. Todo mundo paga meia-entrada nas sessões de segunda-feira.

Confira as sinopses:

Divino Amor (2019, Brasil/Uruguai/Dinamarca, 99 min, 18 anos, dir: Gabriel Mascaro), sessões às 15h e às 18h40.

O longa-metragem Divino Amor traz no elenco a atriz Dira Paes como protagonista.  Na trama, Dira interpreta uma religiosa que se dedica a dificultar os divórcios no cartório em que trabalha e que, ironicamente, acaba passando por crise em seu próprio casamento.

O Olho e a Faca (2019, Brasil, 99 min, 16 anos, dir: Paulo Sacramento), sessão às 16h50.

Na trama, Roberto trabalha há anos em uma plataforma de petróleo, onde criou fortes vínculos de amizade, porém, passa longos meses afastado da esposa e dos filhos. Uma inesperada promoção, no entanto, abala a estabilidade de suas relações profissionais em um momento em que vive também uma grave crise familiar. Nesse meio tempo, Roberto inicia um relacionamento com outra mulher, e sua vida toma outros rumos.

Estou me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar (2019, Brasil, 86 min, 10 anos, dir: Marcelo Gomes), sessão às 20h30.

O roteiro do filme se passa em Toritama, uma pequena cidade do Agreste pernambucano, considerada a capital nacional do jeans, e um centro ativo do capitalismo local. A cada ano, mais de 20 milhões de jeans são produzidos em fábricas de fundo de quintal. Os moradores trabalham sem parar, orgulhosos de serem os donos do seu próprio tempo. Durante o Carnaval – o único momento de lazer do ano -, eles transgridem a lógica da acumulação de bens, vendem seus pertences sem arrependimentos e fogem para as praias em busca de uma felicidade efêmera. Quando chega a Quarta-feira de Cinzas, um novo ciclo de trabalho começa.

  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar