18 de dezembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
TELEVISÃO
06/12/2018 | 06h00
‘Caminhos da Reportagem’, da TV Brasil, ganha 35º Prêmio Direitos

A Empresa Brasil de Comunicação conquistou o primeiro lugar, na categoria Televisão, do 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, com matéria especial do programa Caminhos da Reportagem, da TV Brasil.

A reportagem Barcarena, cidade contaminada, da jornalista Flávia Peixoto, mostra os estragos causados por acidentes ambientais ao longo dos anos no município de Barcarena que fica região metropolitana de Belém, capital do Pará.

Esse é o 18º prêmio conquistado pelos veículos e profissionais da EBC em 2018. Reconhecido como uma das principais produções jornalísticas do país, o programa Caminhos da Reportagem foi responsável por 12 desses prêmios. A EBC faz a gestão dos veículos públicos de comunicação como a TV Brasil, a Rádio MEC, a Rádio Nacional e a Agência Brasil.

‘Barcarena, cidade contaminada’

O programa Caminhos da Reportagem destaca que o último acidente, ocorrido em fevereiro, envolveu a Hydro Alunorte, a maior refinaria de alumina do mundo.  Veiculada originalmente pela TV Brasil no dia 24 de maio deste ano, a matéria especial está disponível no site do canal: http://tvbrasil.ebc.com.br/caminhos-da-reportagem/2018/05/barcarena-cidade-contaminada.

A equipe da emissora pública percorreu a região para revelar os impactos ambientais e os riscos à saúde humana. Embargos da Justiça, do Ibama e da Secretaria de Meio Ambiente do Pará paralisaram parte da produção da mineradora.

Rios e igarapés da região estão com níveis de metais tóxicos acima do permitido após o vazamento em depósito de rejeitos tóxicos da mineradora Hydro. O Instituto Evandro Chagas, órgão vinculado ao Ministério da Saúde, denuncia impactos ambientais e riscos à saúde humana na região. O resultado da contaminação é água imprópria para consumo humano e para pesca em diversas áreas da região.

O Caminhos da Reportagem esteve em Barcarena para conhecer a realidade das pessoas que vivem lá. Populações que pescam e ribeirinhos que usam a água para consumo contam as dificuldades que enfrentam em uma cidade onde há diversas indústrias, muitos tipos de contaminantes e tantos impactos ambientais.

Concorrendo com outras 30 reportagens, Barcarena, a cidade contaminada recebeu o prêmio de primeiro lugar na categoria Televisão. A segunda colocação ficou com a matéria O mapa da fome no Brasil, da TV Record (SP), e a terceira com a matéria Neonazistas brasileiros no banco dos réus, da TV RBS (RS).

A menção honrosa ficou para a reportagem Denuncia de abuso em curso pré-militar no RS, do SBT (RS). A cerimônia de premiação será no próximo dia 10 de dezembro, às 20h, no Auditório da OAB, no Rio Grande do Sul.

O prêmio Direitos Humanos de Jornalismo é promovido pelo Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Rio Grande do Sul (OAB/RS), com o apoio da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (ARFOC/RS) e da ARFOC/Brasil.

Criado em 1984, o prêmio tem como objetivo estimular o trabalho dos profissionais do jornalismo na denúncia das violações e na vigilância ao respeito dos Direitos Humanos.

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)