19 de agosto de 2018 - domingo

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Carnaval 2018
07/02/2018 | 17h00
Da Europa à América, saiba como a folia é celebrada em outros países
Festa não é restrita ao Brasil e comemorações abrangem desde festas tradicionais de rua a celebrações pagãs e religiosas

*Guilherme Araujo

Pouco depois do Natal e do Ano Novo, burburinhos quanto ao carnaval já começam a brotar por todas as partes. Quando a vinheta da Globeleza começa a tocar, é um ultimato: não há dúvida de que a folia se aproxima. No entanto, embora não se fale em outra coisa no Brasil durante esta que é considerada uma das semanas mais festivas e importantes do calendário do país, a festa também é protagonista em alguns outros lugares do mundo, que acredite: não são colônias brasileiras. 

Confira abaixo algumas das festas de carnaval mais famosas mundo a fora:

Colômbia

Já parou alguma vez para imaginar de onde a Shakira tirou inspiração para o clipe do mega hit dos anos 2000, Hips Don't Lie? Natural da cidade de Barranquilla, ao Norte da Colômbia, na costa do Caribe, a cantora se inspirou na festa folclórica que é considerada uma das mais importantes atrações culturais da Colômbia. Convertendo-se anualmente em palco de um encontro de expressões folclóricas, dançantes e musicais, o foco é trazer, regado a muita música e alegorias, alegria aos moradores e visitantes. 

Japão

No bairro de Asakusa, em Tokyo, acontece no mês de agosto um dia inteiro de desfiles parecidos com os do Brasil. O evento recebe cerca de 500 mil pessoas anualmente e é um marco da aliança entre o Brasil e a terra do Sol nascente.

México

O carnaval da cidade de Mazatlán (estado de Sinaloa) é um dos mais tradicionais e conta com bailes de salão, coroação e desfile do rei e rainha e ainda diversas apresentações musicais. A "queima do mau humor" também marca presença no evento.

Eslovênia

Na cidade de Ptujm, o carnaval mescla elementos do cristianismo e do paganismo esloveno. Um dos personagens que marca presença é o Kurent, figura monstruosa encarregada de espantar o inverno. Na quarta-feira de cinzas o enterro do Pust encerra os festejos, representando o enterro de todos os males.

Itália

Em Veneza, o Volo dell’Angelo (vôo do anjo) marca o início do festival que é celebrado com trajes pomposos e elegantes, além das máscaras nobres dos bailes europeus. Dizem que a tradição surgiu no século XVI, quando os nobres se disfarçavam para se misturar aos plebeus.

Canadá

O frio intenso não impede que o carnaval (ou carnaval de inverno) ocorra em Québec entre o fim de janeiro até o meio de fevereiro, com o mascote oficial chamado Bonhomme. Atividades como competições de esculturas de gelo, desfiles, “banho de neve” e hóquei marcam a festança.

Suíça

A cidade Basileia possui uma forte tradição carnavalesca: o Morgestraich acontece na segunda-feira antecessora à quarta-feira de cinzas, evento do qual todas as luzes das ruas se apagam às 4h da manhã e várias pessoas desfilam com lanternas ao som de músicas tradicionais tocadas com flautas e tambores.

* Guilherme Araujo é integrante do programa de estágio do Jornal OHoje.com, sob orientação de Naiara Gonçalves

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)