17 de agosto de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cultura
Folia
08/02/2018 | 16h00
Dez séries disponíveis na Netflix para maratonar no feriado de Carnaval
Separamos dez produções do catálogo da Netflix para quem preferir fazer a folia em casa ou optar por relaxar a mente durante o Carnaval

Victor Lisita*

O carnaval é divulgado por todo o Brasil como um momento de festa, bebida, pegação e muita dança. Para alguns, esses tipos de programas são perfeitos para passar o feriado que antecede a Quaresma. Viajar, pular e conhecer novas pessoas é uma ótima opção para esquecer a rotina e se inspirar para os meses seguintes. Já outras pessoas acham mais divertido ficar em casa e tirar um tempo de descanso, além de colocar as ideias no lugar. Combinar de se encontrar com os amigos para comer, jogar na casa de alguém e, claro, maratonar séries também pode ser a opção perfeita (e barata).

Já que o ano para os brasileiros só começa depois do carnaval, nada melhor do segurar na mão da Netflix e partir para o abraço de algumas séries que deixarão especial esse começo de 2018. Com isso em mente, separamos dez produções nervosas para fazer uma maratona de botar fogo no sofá. Dentre dramas, viagens no tempo, mistérios e representatividade, você pode encontrar a história que não conhecia ou dar aquela chance para a que estava na lista de espera há algum tempo. Confira abaixo as séries imperdíveis para o Carnaval 2018:

1 – Please Like Me

Já finalizada, a série australiana possui suas quatro temporadas no serviço de streaming e conta a história de Josh (Josh Tomas), um jovem que está adentrando a vida adulta e descobrindo sua própria sexualidade. Ainda que possua uma carga dramática, a produção consegue abordar temas como depressão, suicídio e homofobia de maneira leve e delicada, o que transforma o seriado em uma produção honesta sobre a vida.

Please Like Me foi escrita e protagonizada pelo próprio Josh Tomas, que levou experiências e situações de sua vida para a história. Nela, vemos este personagem, que pode tanto ser amado como odiado, com seu amigo Tom (Thomas Ward) e sua ex-namorada, Claire (CaitlinStasey), enfrentando diversos momentos divertidos, constrangedores e difíceis, como quando descobre que sua mãe está enfrentando uma grave depressão.

Com 32 episódios de aproximadamente 25 minutos, Please Like Me é imperdível para quem quer misturar drama e comédia em uma história que pode muito bem ter a ver com sua.

2 – La Casa de Papel

Tendo chegado ao Brasil pela metade, a série espanhola sobre um assalto épico foi conquistando o público e ganhando espaço por conta de sua história surpreendente e intrigante. A trama começa com El Profesor (Álvaro Morte), um homem misterioso que está planejando o maior roubo do século. Para realizar seu ambicioso plano, ele recruta oito pessoas com determinadas habilidades e que não tem nada a perder. O objetivo é infiltrar na Casa da Moeda da Espanha e levar 2,4 bilhões de euros.

Para que o plano dê certo, eles precisam de onze dias de reclusão, em que terão que lidar com 67 reféns e os agentes da força de elite da Polícia, que não pretendem deixar a investida ter sucesso.

A produção saiu com 15 episódios em seu país de origem, sendo que os primeiros nove capítulos foram reeditados em 13 partes, de aproximadamente 50 minutos cada, para o lançamento na Netflix. A chamada “Parte 2” tem previsão de estreia para o dia 6 de Abril e contará com seis episódios, que representam o restante da primeira temporada. La Casa de Papel é uma ótima série para maratonar no Carnaval e se preparar para os novos episódios.

3 – The Fosters

Mesmo que a produção esteja caminhando para um final, com sua quinta e última temporada sendo exibida atualmente lá fora, The Fosters é uma ótima pedida para quem está a fim de assistir um drama mais familiar e que não deixa de tratar de assuntos sérios da juventude e vida adulta. Produzida pela cantora e atriz Jennifer Lopez, a série mostra a história de uma família formada por duas mães. Stef (Teri Polo), uma policial, e Lena (SherriSaum), uma vice-diretora de uma escola. Stef foi casada com seu colega de trabalho Mike (Danny Nucci), com quem teve um filho, Brandon (David Lambert) e, junto com Lena, resolvem integrar a sua família Jesus (Jake T. Austin) e Marianna (Cierra Ramirez), irmãos gêmeos que foram abandonados pela mãe.

A rotina segue tranquila até que Lena esbarra com Callie (Maia Mitchell), uma adolescente com dificuldades para conseguir um lar adotivo e que quer resgatar seu irmão de sangue, Jude (Hayden Byerly), de 13 anos, de uma casa adotiva onde ele sofre maus-tratos. A situação da família, que já é grande, vira de cabeça para baixo quando decidem acolher os irmãos e levar tranquilidade para a vida conturbada deles.

Chame sua família ou seus amigos e estourem bastante pipoca, porque os 82 episódios das primeiras quatro temporadas estão disponíveis na Netflix para maratonar à vontade no seu sofá, cama ou tapete.

4 – The O.A.

A Netflix anunciou que no último dia 30 de janeiro as filmagens da segunda temporada da série tiveram início. Sendo assim, nada melhor do que aproveitar esse feriado para conhecer (ou reassistir) uma das melhores séries de 2016. Sensível e delicada com seus personagens, The O.A. abrange mais do que relações de amizade e companheirismo, a produção desbrava conceitos espirituais sobre vida, morte e o que existe entre as duas concepções, ao mesmo tempo em que estimula o espectador a se aventurar com os personagens e compartilhar seus sentimentos.

A série centra-se em Prairie Johnson (Brit Marling), uma jovem adotada e inicialmente cega, que volta para sua cidade depois de ter desaparecido por sete anos. Após seu retorno, Prairie tem a capacidade de enxergar e se autodenomina como "OA". Ela não conta ao FBI e seus pais adotivos o que aconteceu nos anos de seu desaparecimento, ao invés disso, OA monta um grupo de cinco moradores da cidade (a maioria sendo estudantes do ensino médio), a quem ela explica toda sua história e pede ajuda para salvar outras pessoas que estavam no mesmo cativeiro.

A primeira temporada tem oito episódios e estão todos disponíveis no serviço de streaming. O lançamento do segundo ano deve ocorrer até o final de 2018 ou início de 2019.

5 – Chewing Gum

Mesmo que a criadora e protagonista da série, Michaela Coel, tenha decidido dar uma pausa nos trabalhos de Chewing Gum para focar em outros projetos, a produção continua sendo uma ótima recomendação para quem está a fim de assistir uma história com situações engraçadas e que deixa muito para o espectador refletir, abordando temas importantes, como violência contra a mulher, religião, sexualidade, união entra as mulheres e questões sociais e raciais.

Chewing Gum segue a vida de Tracy Gordon, uma jovem criada por uma família muito religiosa que decide perder a virgindade aos 24 anos de idade quando vai morar sozinha. O problema é que ela não faz ideia de como fazer isso e espera contar com a ajuda e os conselhos de sua melhor amiga, Candice (Danielle Walters).

Com um total de 12 episódios de aproximadamente 25 minutos cada, as duas temporadas de Chewing Gum estão apenas esperando você apertar o play.

6 – Riverdale

Caso você não esteja planejando começar a maratona dias antes, a Netflix vai disponibilizar justamente no Carnaval, 13 de fevereiro, a primeira temporada de Riverdale, a série de suspense jovem da emissora americana CW. A produção foi lançada em janeiro de 2017 e rapidamente conquistou o público com sua trama ágil e instigante, além de seu visual que mistura aspectos vintages com contemporâneos. A série também é exibida aqui no Brasil pela Warner Channel.

A história se passa na pequena e tranquila cidade de Riverdale, que vira de cabeça para baixo quando é atingida pela misteriosa morte de Jason Blossom, um garoto popular do ensino médio e membro da família mais poderosa do local. Archie Andrews, Betty Cooper, Veronica Lodge, Jughead Jones, CherylBlossom e Josie McCoy exploram os problemas da vida cotidiana na pequena cidade enquanto tentam resolver o mistério da morte de Jason. O que o grupo não esperava era descobrir segredos profundos da cidade, que mostra não ser tão inocente como parece.

Enquanto a segunda temporada ainda é exibida nos EUA, os 13 episódios do primeiro ano estão saindo do forno, prontos para você ajudar a resolver o mistério e se aventurar com os personagens.

7 – Alias Grace

Baseada no romance de mesmo nome de Margaret Atwood, a minissérie canadense é uma das surpresas da Netflix e uma grande recomendação para o Carnaval. A série com seis episódios é estrelada pela atriz Sarah Gadon e mostra intrigantes verdades sobre como funcionam as engrenagens do sistema jurídico que esteve envolvido na história real de uma imigrante irlandesa que, três anos depois de ter chegado ao Canadá, foi condenada pelo assassinato do proprietário e da governanta da fazenda onde trabalhava. O problema é que ela não sabe se é realmente culpada porque não se lembra do ocorrido.

Não apenas a personagem interpretada por Gadon foi acusada, mas também outro empregado da casa, que recebeu a sentença de morte por enforcamento. Já a garota, recebeu a pena de prisão perpétua. Por que foi permitido pelo júri que ela vivesse e qual a relação dela com os assassinatos? Passados 16 anos desde o encarceramento da imigrante, o Dr. Simon Jordan (Edward Holcroft) se apaixona pela personagem e fará de tudo para descobrir a verdade sobre o caso.

Alias Grace é uma excelente pedida para quem quer uma história curta e de tirar o chapéu. Vale lembrar que a autora do livro que inspirou a série é a mesma de O Conto da Aia, romance que serve de base para The Handmaid’s Tale.

8 – Dear White People

Caso você ainda não tenha assistido a Dear White People, é melhor parar agora o que está fazendo e dedicar algumas horas de sua vida para uma das produções mais importantes que protagonizam a luta contra o racismo. A Netflix já produziu séries que abordam representações étnicas, mas nunca com o desconforto que deve ser causado. Desconforto que funciona para abrir os olhos de quem ainda não percebeu como a estrutura social da sociedade, que à propósito é sólida e invisível, oprime e reduz através do preconceito racial.

A trama ocorre em uma universidade de elite dos Estados Unidos, onde jovens negros lutam para serem respeitados em meio a uma comunidade universitária majoritariamente branca que, mesmo alegando já terem superado questões raciais, ainda contribuem para o mesmo sistema opressor. No decorrer de 10 episódios, cada um consegue construir personagens e dar profundidade a suas histórias ao mesmo tempo que debate sobre racismo, homofobia e machismo.

A importância e o sucesso de Dear White People fez com que uma nova temporada fosse encomendada. A previsão de estreia é para o segundo semestre deste ano.

9 – Outlander

Se nenhuma dessas opções agradou seu coração para o Carnaval e tenha ficado uma vontade de se envolver em uma aventura fantástica, está na hora de Outlander dar o ar da graça. Baseada na série de livros de mesmo nome da autora Diana J. Gabaldon, a trama não é apenas um romance sobre viagem no tempo, mas também uma produção de muita relevância para a atualidade por abordar temas importantes, como a participação da mulher na sociedade. 

A história segue os passos da inglesa Claire (Caitriona Balfe), uma enfermeira que atua na Segunda Guerra Mundial e quer se reaproximar do marido após anos separados pelo conflito. Durante sua viagem, Claire se depara com um portal e é transportada 200 anos para o passado, na Escócia de 1973. Na sua nova realidade, ela encontra o guerreiro Jack Randall (Tobias Menzies), o antepassado de seu marido, e Jamie Fraser (Sam Heughan), por quem se apaixona.

Ainda que a sinopse pareça feijão com arroz, vale a pena dar a cara a tapa para a história e conhecer o que está além da premissa. Ao todo, três temporadas já foram concluídas e as duas primeiras estão disponíveis na Netflix para você se deliciar com os personagens e seguir com a série para muito além Carnaval. O quarto ano tem previsão de estreia para 2018, ainda sem um dia e mês definidos.

10 - The End of the F***ing World

A Netflix mal sabia do sucesso (ou sabia) que estava carregando no colo quando adquiriu os direitos de exibição internacional dessa produção do Channel 4. Caso você já tenha ouvido falar e ainda não sabe do que se trata, é melhor se preparar para algumas surpresas. Como o próprio serviço de streaming já disse, The End of the F***ing World não é uma história típica de "garoto conhece garota". A trama segue um contexto inusitado para a relação dos protagonistas James (Alex Lawther) e Alyssa (Jessica Bardem). O destino não os uniu para que vivessem um amor inseparável, mas sim porque James tem planos macabros para Alyssa.

James é um jovem de 17 anos que acredita ser um psicopata. O garoto mata, regularmente, animais como um hobby, só que ficou entediado do "exercício". Depois de se familiarizar com Alyssa, uma colega da mesma idade com uma personalidade rebelde e que tem problemas em se relacionar com outras pessoas, ele decide matá-la enquanto ambos fogem em uma viagem, explodem carros e abusam dos funcionários de um posto de gasolina. O que eles não esperavam é que esta estranha "associação" despertaria uma sentimento surpreendente nos dois. 

Se depender dos atores, logo logo uma continuação estará entre nós. Até lá, a série, baseada em uma graphic novel de mesmo nome escrita por Charles Forsman, tem seus oito episódios livres, leves e soltos para você maratonar e encher a cara neste Carnaval. 

- Bônus

Não acabou! Vale a pena lembrar que a Netflix acaba de lançar sua mais nova série de ficção científica, Altered Carbon. A trama ocorre em um futuro onde a sociedade se acostumou com a prática da troca de corpos, em que é possível armazenar a consciência de uma pessoa e transferi-la a outro corpo, permitindo viver várias vidas.

Além disso, a segunda temporada de Jessica Jones está quase entre nós, com a estreia marcada para 8 de Março. Que tal conferir, ou dar aquela recapitulada, antes dos novos capítulos?!

Fotos: Reprodução/(1, 5, 6, 7, 8, 9, 11) Netflix/(2) Hulu/(3) Antena 3/(4) ABC/(10) Starz

*Victor Lisita é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje, sob a supervisão de Naiara Gonçalves.

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)