Cidades

Governo garante vacinação contra a Covid-19 em todos idosos que vivem em abrigos

Postado em: 22-01-2021 às 16h40
Imunização deste grupo que é considerado prioritário e já acontece em Goiânia desde quarta-feira (20/01), mas que contemplará todo o Estado, ou seja, aproximadamente 5 mil pessoas com mais de 60 anos | Foto: divulgação/Seds

Da Redação

A vacinação contra a Covid-19, iniciada pelo Governo de Goiás na última segunda-feira (18/1), vai contemplar todos os idosos moradores dos 209 abrigos do Estado, sendo 130 privados sem fins lucrativo, 61 públicos e 18 privados com fins lucrativos, dentre Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs)  ou Casas-Lares, governamentais ou geridos por organizações sociais. Juntos, eles assistem a aproximadamente 5 mil pessoas.

Já nesta quarta-feira (20/1) foi iniciada a imunização pela Instituição de Longa Permanência Apóstolo Tomé, em Goiânia. Cerca de 70 idosos foram vacinados. A Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), do Governo de Goiás, acompanhou a ação e dará suporte à Secretaria Municipal de Saúde, responsável pela aplicação.

“É mais um benefício que a população idosa recebe deste governo, sobretudo neste período de pandemia. A primeira goiana a receber a vacina foi uma moradora de abrigo de idosos. A dose aplicada pelo governador Ronaldo Caiado, que é médico, na moradora de um abrigo de Anápolis, a senhora Maria da Conceição, reafirmou o zelo e a preocupação que temos com as pessoas idosas”, observa a secretária da Seds, Lúcia Vânia.

Goiás recebeu 183 mil doses da CoronaVac para imunizar 87 mil pessoas do grupo prioritário. Os trabalhadores de saúde que atuam na linha de frente contra a Covid-19 serão os primeiros, seguidos de pessoas com 60 anos ou mais que estão em abrigos. A segunda dose da imunização deve ocorrer em fevereiro.

A gerente de Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa, da Seds, Daniela Fernandes, acompanhou a campanha de imunização na ILPI em Goiânia. “É um sentimento de esperança, de renovação e expectativa de que tudo vai melhorar”, disse ela.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar