Segunda-feira, 30 de março de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Hospital em Goiânia tem capacidade para receber mais de 200 pacientes com Covid-19

Postado em: 26-03-2020 às 11h45
HCampi já possui insumos e mobiliários, além de 400 profissionais já em treinamento simulando os atendimentos - Foto: Divulgação

Igor Afonso

O secretário de saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, anunciou nesta quinta-feira (26) que o hospital de campanha para o tratamento do novo Coronavírus possui 210 leitos. A estrutura estabelecida na unidade segue o protocolo unidirecional, ou seja, o paciente entra e é alojado em seu leito sem ter a necessidade de ficar trocando de ala.

O hospital de campanha HCampi, antigo Hospital do Servidor, está localizado no Parque Acalanto, em Goiânia e é umas das formas que o governo de Goiás encontrou para evitar a superlotação e o colapso do sistema de saúde, durante o período de maior proliferação do vírus.

A unidade é gerenciada pela Organização Social Gerir, sob a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde (SES). O HCampi já possui insumos e mobiliários e os 400 profissionais que trabalharão na unidade já atuam em situação de realidade, simulando atendimentos.

Para tratamento de terapia intensiva (UTI) estão destinados 30 leitos, sendo dez individuais e os restantes ficarão em salões. Os isolamentos das UTI são de pressão negativa, com sistema de ar condicionado reverso, que é um sistema que suga o ar e não o deixa escapar para fora do leito. 

Em Goiás, em conjunto com o HCampi de Goiânia e os hospitais de Luziânia, Porangatu, Itumbiara, Jataí e a Maternidade Oeste e Hospital das Clínicas de Goiânia, totalizam mais de mil leitos disponibilizados para os pacientes que chegarem contaminados por coronavírus.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar