Domingo, 09 de agosto de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Inquérito de atropelamento de grávida e filha de 4 anos será enviado à Justiça

Postado em: 13-02-2020 às 14h20
O excesso de velocidade do veículo foi determinante para a morte das duas, concluiu perícia goiana – Foto: Reprodução.

Nielton Soares 

Excesso de velocidade foi a causa do acidente que vitimou mulher gestante e filha de 4 anos, constatou inquérito do atropelamento, que aconteceu na Avenida Independência, em Goiânia. Agora, concluído, o documento deve ser enviado à Justiça, nesta quinta-feira (13). 

A motorista foi indiciado por homicídio culposo, quando hão há intenção de matar. A delegada responsável pelo caso, Maíra Bicalho, contou que embora o sinal estava verde para a condutora, o acidente teria como ser evitado, se o carro estava em velocidade permitida da via. 

De acordo com o resultado da perícia, realizada pela Polícia Técnico-Científica (PTC), o veículo estava sendo conduzido entre 94 e 104 km/h, mas a velocidade máxima da via era de 60 km/h.

Relembre

Ao atravessar a Avenida, Meiriany Ester Luiz Cotrim, 28 anos, e Vitória Luiz da Silva, 4, foram atropeladas no dia 31 de dezembro do ano passado. O esposo de Meiriany também estava junto e conseguiu se desviar do veículo. A condutora prestou socorro às vítimas e foi submetida ao teste etilômetro, resultando negativo.  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar