Segunda-feira, 23 de setembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Mortes violentas caem mais de 10% de 2017 para 2018 no Brasil

Postado em: 10-09-2019 às 15h52
Segundo anuário do Fórum de Segurança Pública 2019, os casos foram de 64.021 para 57.341; já Amapá registrou alta de 1.100%, com atuação de facções criminosas no estado. Foto: reprodução.

Nielton Soares

Mortes violentas caíram 10,43% de 2017 para 2018 no Brasil, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2019. A divulgação dos dados foi feita nesta terça-feira (10) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Além disso, o total de 2018 é o menor desde 2013 (55.847 casos).

No total geral, o país registrou 57.341 mortes violentas intencionalmente no ano passado. Em 2017, essa quantidade fechou em 64.021 homicídios. Já a taxa desse tipo de crime fechou em 27,5 para cada grupo de 100 mil habitantes no Brasil em 2018, em 2017 a margem era de 30,8, nesse caso, a redução foi de 10,8%.

As maiores taxas de criminalidade foram em Roraima, com 66,6 para cada 100 mil habitantes e no Amapá (57,9), a pesquisa considera as mortes com atuação de facções criminosas nesses dois estados. Na sequência aparece o Rio Grande do Norte (55,4) e no Pará (54,6). Já os menores registros foram em São Paulo (9,5), Santa Catarina (13,3), Minas Gerais (15,4) e no Distrito Federal (16,6).

No contexto da alta taxa do Amapá, o qual as mortes violentas por grupo de 100 mil habitantes, cresceram 1.100% em sete anos, o anuário aponta o cenário como “ainda mais dramático”. Destaca ainda, que “serviços de inteligência atestam a existência de sete facções criminais no estado, ainda em guerra no início de 2019", frisa a pesquisa.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar