Terça-feira, 18 de junho de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Homem é preso suspeito de espancar a companheira e depois mantê-la amarrada e amordaçada por 36 h

Postado em: 22-05-2019 as 10h30
Caso ocorreu na cidade de Posse e, segundo delegado responsável pelo caso, após os atos de violência, homem deixou a vítima ao lado do guarda-roupas e foi dormir


Da Redação


A Polícia Militar prendeu Leandro Sousa Sampaio, de 33 anos, suspeito de espancar a companheira, Keilla Carneiro de Carvalho, de 19 anos, e, após os atos de violência, mantê-la em cárcere privado, amarrada e amordaçada, por 36 horas. O caso ocorreu na cidade de Posse, cidade localizada no nordeste do Estado a cerca de 520 km de Goiânia.


Keilla teve diversos hematomas, principalmente na região do rosto, e está internada. Leandro, o suspeito, procurou a polícia na cidade de Alvorada do Norte, a 58 km de Posse. No ato foi cumprido o mandado de prisão preventiva que já havia sido expedido pela justiça contra ele. 


Segundo o delegado Alexandre Câmara, responsável pelo caso, Keilla prestou depoimento ainda no hospital e relatou o que aconteceu. De acordo com ela, eles tiveram uma discussão e então Leandro começou a agredi-la. O delegado disse que ainda, conforme relatado por Keilla, Leandro bateu a cabeça dela no chão várias vezes. Após os atos, ele (Leandro) chamou alguns parentes, inclusive a irmã, que é enfermeira, para ver como Keilla estava. Após isso ele fugiu.


A priori, o caso foi registrado como lesão corporal e cárcere privado. Porém, no decorrer das investigações, a tipificação do crime pode se tornar mais severa. O delegado afirma que o caso provocou uma comoção muito grande na cidade. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja buscar