09 de abril de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Demanda por serviços cresce 30% nas últimas duas semanas com coronavírus

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 09 de abril de 2020
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a maior parte dos novos atendimentos é referente a quadros de gripe, em que os pacientes recebem orientações e são mandados de volta para casa| Foto: Divulgação

As unidades municipais de Saúde em Goiânia já registram aumento de 30% no movimento nas últimas duas semanas por conta da preocupação popular com a disseminação do coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a maior parte dos novos atendimentos é referente a quadros de gripe, em que os pacientes recebem orientações e são mandados de volta para casa. No entanto, há expectativa de que as internações passem a ter número maior por conta da sazonalidade de outros vírus que desencadeiam problemas respiratórios, o que pode competir com a demanda do novo vírus. “Das 81 unidades de atenção básica, 61 funcionam até 19h ou depois disso. A unidade de urgência, que são CAIS, Ciams e UPAS, devem ser a segunda opção”, alerta a secretária, Fátima Mrué. “Deixem esses locais de urgência para a noite ou fim de semana, quando as unidades básicas não estarão funcionando”.

Bancada goiana

O senador Luiz do Carmo (MDB-GO), de 61 anos, está com sintomas do novo coronavírus. Pelo Twitter, o parlamentar disse tem um resfriado com febre e que teve contato com pessoas que estiveram com casos confirmados da Covid-19. 

Isolamento

O parlamentar garante seguir as orientações do Ministério da Saúde e aguarda resultado de exame realizado ontem. “Tenho fé em Deus que não será nada. De toda forma, manterei sete dias de isolamento”, publicou. 

Observação

O senador Vanderlan Cardoso (PP) também teve contato com infectados que participaram da comitiva brasileira nos EUA e segue período de isolamento.

Para tudo

O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), atendeu pedidos de deputados e publicou decisão que suspende todas as atividades legislativas e administrativas da Casa por 15 dias, a partir de hoje.

Outro lado

Parlamentares da base fiel a Ronaldo Caiado (DEM) ameaçaram chiado contra a medida, que atrasaria votações de vetos e projetos de interesse do governo. Logo refluíram, por comparar a decisão com os decretos do próprio governador.

Verba extra

Portaria do Ministério de Saúde confirmou liberação de recursos extras para o custeio de ações de saúde e enfrentamento do novo coronavírus por Estados e o Distrito Federal. Goiás garantiu R$ 14 milhões.

Distribuição

Ao todo, são R$ 424,1 milhões para as unidades da Federação, segundo o IBGE, pelo cálculo de R$ 2 por habitante. Como Goiás tem uma população estimada de 7 milhões de habitantes, recebe o valor estimado.

Destino certo

A Secretaria Estadual de Saúde aplicará o montante na equipagem e custeio do Hospital do Servidor Público, que será usado para pacientes com o novo vírus.

CURTAS

- Novas medidas de restrição na Câmara Municipal mantêm, na prática, apenas trabalhos ordinários no plenário.

- A tramitação do Plano Diretor continua, mas de forma mais lenta diante da suspensão de novas audiências públicas.

- Na urgência da pandemia atual, o Ministério da Saúde chamará de volta os médicos cubanos do antigo programa Mais Médicos.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar